CONTEMPLE SEU PRESENTE

Cássia Freitas | Psicóloga

O AMOR SACRIFICIAL DE JESUS QUEBRAVA

AS PAREDES QUE SEPARAVAM AS PESSOAS

 

Jesus nos ensinou sobre relacionamentos durante sua vida, mais especificamente seus últimos anos, mas nada se compara às suas últimas palavras na cruz. Ele fala sobre perdão, sobre a realidade da salvação através da fé em Sua morte e ressurreição e, em uma passagem específica sobre sermos um presente, uma benção nas vidas uns dos outros. Em um dado momento da crucificação, Jesus olha para baixo e vê Maria e João juntos e diz: “mulher contemple seu filho” e a João “contemple sua mãe”. Ele deu um ao outro para que se amassem e cuidassem um do outro. O amor sacrificial de Jesus quebrava as paredes que separavam as pessoas, este é o relacionamento cristão que não leva em conta as diferenças de idade, sexo, personalidade, interesses, status social ou cultural. Jesus nos ensina a amar e cuidar do outro. Amar o próximo, assim como Ele nos amou. Quando entendemos o motivo da cruz, entendemos que passamos a fazer parte de um plano bem maior do que poderíamos imaginar. Tudo se torna pequeno, pois essas coisas que naturalmente dividem as pessoas têm pouco efeito nos relacionamentos cristãos. Jesus nos ligou através desse laço de amor que seria a essência da Igreja. Eles iriam cuidar um do outro assim como Jesus cuidou de cada um deles e eles, Maria e João, assim como nós, encontraríamos Jesus expressando o amor sacrificial na vida um do outro. Ele foi para o Pai para que pudéssemos experimentar esse amor nascendo para uma nova vida, na Igreja. Jesus coloca as pessoas em nossas vidas e uma vez que as entregamos a Ele e jogamos fora nosso egoísmo e controle, Ele as dará de volta a nós para serem cuidadas e alimentadas em Seu amor. Quem está aos pés da cruz ao seu lado? Essa pessoa é um presente e ao servi-la em nome de Jesus, você poderá encontrá-Lo.

 

 

 

Cássia de Figueiredo Freitas hoje irei contemplar cada pessoa em minha vida como uma benção de Deus.

cassiafreitas7@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *