Consumo de TV cresce durante isolamento e jornalismo consolida audiência

Principais emissoras do país registram, de acordo com relatórios do Kantar IBOPE Media, crescimento de audiência na sua grade durante o isolamento social.

Foto: Andrea Piacquadio/Pexels

Em tempos de isolamento social, domicílios cheios são sinônimos de televisores ligados. É o que revelam os dados da Kantar Ibope Media em relação à média de pontos semanais das principais emissoras de televisão nos 15 mercados regulares aferidos pelo instituto.

O ranking consolidado apurado sintetiza a audiência domiciliar e cada um ponto registrado equivale a aproximadamente 75 mil domicílios na Grande São Paulo.

Com as produções de entretenimento interrompidas pela pandemia, a cobertura jornalística intensiva e a reprise das novelas são os principais destaques no crescimento do consumo de televisão.

Jornalismo ganha força

As edições noturnas dos jornais de televisão, conhecidas pela exibição durante o horário nobre na televisão brasileira, cresceram sua audiência desde o início das primeiras sinalizações de isolamento social. 

O levantamento da semana passada, divulgado ontem (19) pela Kantar Ibope, aponta um crescimento nos pontos médios de audiência em comparação com a semana do dia 9 de março, último período no qual a quarentena ainda não havia sido estabelecida em todas as capitais brasileiras.

Na Globo, o Jornal Nacional alcançou 31,6 pontos médios semanais antes do início das primeiras medidas preventivas de isolamento. Na última semana, o programa registrou 32,3 pontos médios. O Jornal da Record, principal concorrente global no horário, manteve o índice de 8,3 pontos médios em ambos os períodos analisados.

A Band também contabilizou o aumento de audiência na Grande São Paulo durante o horário nobre. Na semana iniciada em 9 de março, o Jornal da Band atingiu 4,3 pontos médios. Enquanto na semana passada, alcançou a média de 5,5 pontos.

O aumento da audiência dos noticiários reflete o destaque quase monotemático sobre a COVID-19 nas três emissoras. Além disso, mostra a força do jornalismo brasileiro e a confiança da população brasileira na mídia tradicional frente a propagação de notícias falsas nas redes sociais.

O sucesso das reprises de novelas

Devido a pandemia, como medida de prevenção e combate ao coronavírus as transmissões das novelas na Globo foram interrompidas e substituídas por produções que alcançaram bons índices de audiência nos anos anteriores. Destaque na edição das 19h, Totalmente Demais atingiu recorde semanal desde que a reprise voltou ao ar na emissora. Entre os dias 11 e 16 de maio, a novela registrou 30,7 pontos.de média.

Na faixa das 21h, a reprise Fina Estampa conseguiu manter a audiência do horário destinado a principal produção da emissora e somou, entre 20 e 26 de abril, 35,6 pontos médios, seu maior índice desde seu retorno à grade de programação. O número é 1,6 pontos maior que as últimas semanas em que a novela inédita do horário, Amor de Mãe, estava no ar antes da sua pausa por tempo indeterminado.

Por Communicare Jr. | Matheus Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.