Agnello Porchettato ou Cordeiro pururucado

O FORNO É UM DOS MELHORES MÉTODOS DE COZIMENTO PARA PREPARAR O CORDEIRO

O cordeiro Porchettato é uma receita tradicional da região de Terre Pescaresi, uma área de Abruzzo que sempre foi dedicada à criação de ovinos. Este segundo prato (nome dado ao prato que contém proteínas na Itália) combina o valor da tradição e da história de uma região que sempre foi uma terra de pastores e ao mesmo tempo muito nutricional. A carne de cordeiro é uma fonte importante de oligoelementos de potássio, vitamina B12, folato e antioxidante, como o selênio e o zinco. Para sua dieta, tenha em mente que no cordeiro o nível de gordura é maior que o da vitela (8,8% contra 5%), mas se, como nesta receita, você usa a perna sem a parte gorda, a porcentagem cai para 2,5%. Além disso, o forno é um dos melhores métodos de cozimento para preparar o cordeiro e se você vai ter cuidado em escolher um acompanhamento com legumes sazonais, garanto um prato saboroso e nutritivo, o que lhe permitirá celebrar algo sem culpa.

Ingredientes para 4 pessoas:
1 pernil cordeiro de 1,5 kg aproximadamente
Sal e pimenta a gosto
2 dentes de alho finamente picados
Alecrim e tomilho picado sem o caule
2 folhas de louro
5 folhas de sálvia
1 copo de vinho tinto seco
Azeite EV
Rede e corda de açougueiro (para amarrar)

Preparação:
Abra o pernil como um livro, em seguida, espalhe e massageie com todos os aromas. Role a carne com firmeza, amarre-a com fio e enfie-a na rede. Pré-aqueça o forno a cerca de 150 graus e depois asse sem usar azeite durante 1 hora. Adicione o vinho e o azeite à perna de cordeiro e termine de cozinhar elevando a temperatura para 180 graus, até obter uma crosta de carne semelhante ao assado. Essa crosta deliciosa é justamente a razão pela qual a receita tem este nome. Se preferir, pode recuperar a base de cozimento obtida, misturá-la com um misturador de imersão e usá-la como molho acompanhante. Batatas e verduras são ótimos acompanhamentos para esse delicioso prato.

Dica para aromatizar o azeite:
A técnica clássica para fazer um azeite aromatizado é colocar a erva com a qual queremos o perfume no azeite, em infusão, por várias semanas. O processo é lento. Esta é uma técnica que permite criar um azeite aromatizado em questão de minutos e com um custo muito baixo. Você vai precisar de um bom azeite de oliva, a erva aromática fresca escolhida e uma tigela que possa ir ao forno de micro-ondas e um forno de micro-ondas. O forno de micro-ondas tem o poder para aquecer apenas as moléculas de água, de modo que o óleo não esquenta. Ou bem pouca. O forno principalmente aquece a água contida na erva, que em contato com o azeite libera seus óleos essenciais dando sabor ao azeite de oliva. O procedimento é muito simples. Coloca a quantidade de azeite de oliva que você quer em uma tigela junto com alguns ramos da erva lavadas e secas. Ligue o micro-ondas em potência média. Depois de cerca de dois minutos (máximo – não mais) teremos o azeite aromatizado pronto. Ao final peneire o azeite e guarde-o em um recipiente bem fechado para usá-lo quando desejar. Se você tem uma pequena horta ou algum vaso de ervas aromáticas, a criação desse azeite é bem mais saudável. Arrivederci!

 

I Chef de Cozinha: Luciano Macri I

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *