Jovens aprendizes terão aulas remotas a partir de segunda-feira

Em decorrência da propagação do novo Coronavírus (covid-19), a partir de segunda-feira (30), a Fundação CDL Uberlândia recorrerá à educação a distância para manter o ritmo de estudos com os 242 jovens aprendizes inseridos no Programa CDL Aprendiz. A modalidade está autorizada pelo Ministério da Educação (MEC) e todas as instituições que trabalham com o Programa já foram informadas pela Fundação de Educação, Cultura, Desenvolvimento Empresarial, Social, Ciência e Tecnologia (FUNDECS) sobre o início das aulas nesse formato home office.

A gerente executiva da Fundação CDL Uberlândia, Bânia Vieira Poli disse que a medida, além de amenizar os atrasos nos calendários, visa auxiliar a classe empresarial no cumprimento da lei do aprendiz. “Os aprendizes não podem ter seus contratos de aprendizagem rescindidos de forma antecipada. Nossa instituição estará cumprindo com a parte teórica do contrato e viabilizando para que no breve retorno das atividades das empresas, o jovem possa fazer a parte prática e finalizar no tempo previsto do contrato”.

Ela explicou ainda que as aulas teóricas poderão ser concluídas, deixando os alunos à disposição das empresas quando as mesmas retornarem do período de quarentena. “Queremos minimizar esse impacto do contrato de trabalho com empresas, dando sequência a matéria teórica para que, posteriormente, possam se dedicar a prática. Com a pandemia, muitas empresas anunciaram oficialmente a adoção do sistema de home office. As aulas teóricas remotas têm sido realizadas por muitas instituições de ensino com êxito. Precisamos encontrar alternativas para seguir em frente e é isso que estamos fazendo, sempre primando pela qualidade”, ressaltou Bânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: