As oportunidades que surgiram apesar da quarentena

Quais são as práticas empresariais que têm se mostrado eficientes nesse período de pandemia

Fonte: banco de imagens

Desde a chegada do coronavírus ao Brasil, uma das maiores preocupações que se tornaram tópicos de discussão pelo mundo todo foi a economia. Como superar esse momento de crise generalizada e de necessidade de isolamento social? Essa foi uma pergunta que muitos trabalhadores, assim como empresários, tiveram que responder.

É inegável os impactos que a atual situação tem deixado no mercado de trabalho e na vida profissional de inúmeras pessoas, que provavelmente poderão ser sentidos por muito tempo. Mas, nem todos os empreendimentos se encontram em uma posição tão desfavorável assim.

Para Yasmin Melo, CEO e fundadora do movimentos Gigantes do Consignado, “qualquer empreendimento pode se encontrar em meio à crise do coronavírus”. O segredo é a inovação no meio digital, porque assim como afirmou para o ‘Estado de Minas’, “[…] a pandemia não vai nos parar, vamos nos adaptar, evoluir e seguir em frente, mais fortes. A mensagem que queremos passar é que mesmo tendo que se adaptar a cada vez menos contato presencial, é possível alcançar o cliente final e crescer em vendas. Não estamos propagando a ideia das empresas se manterem abertas fisicamente, colocarem em risco a saúde de seus funcionários, mas de inovarem e encontrarem meios na era digital e da tecnologia de prosperarem como nunca. Todos podem se reinventar, sem exceções.”

Alinhado com esta mentalidade, o consultor e empreendedor Lucas Leite, acredita que o atual momento abre várias oportunidades de crescimento para comércios digitais, uma vez que “Geralmente crises prejudicam todos os negócios do mundo e em todas as modalidades, mas desta vez é diferente. Com as pessoas em quarentena e a obrigatoriedade de fechar os comércios, não se extinguiu no entanto, a necessidade das pessoas consumirem itens que são importantes para a manutenção de seu estilo de vida.” comenta Leite. 

 “Logo, essa é a grande oportunidade dos negócios online e o momento em que empresas que ainda não estão no mercado digital e no e-commerce poderem investir tudo nisto. Não se sabe quanto tempo vai durar essa quarentena pelo coronavírus e, por isso, cada vez mais as pessoas estão consumindo produtos online. Então agora chegou o momento de investir pesado em marketing digital, em ecommerce, etc.” afirma o consultor e empreendedor.                       

Algumas sugestões para quem está passando por maus bocados em seu empreendimento por conta da pandemia do covid-19, dadas por especialistas da área seriam, em primeiro lugar, manter a cabeça no lugar e pensar racionalmente em meio ao caos. O próximo passo é encontrar novos meios de continuar trabalhando de maneira estratégica no cenário atual e investir no audiovisual, que fortalece comércios digitais, assim como a facilidade de pagamento e entrega de serviços ou produtos. Por exemplo, várias empresas e profissionais liberais aderiram ao uso do Voucher e Cartões de Presente, ideal principalmente para serviços que estão impossibilitados no momento. Além disso, esse é o momento para fortalecer a imagem da marca e o relacionamento com os clientes.

Para ilustrar esse cenário de oportunidades, pode-se olhar para algumas soluções encontradas por pessoas que começaram negócios em casa durante a quarentena, seja pela necessidade por um complemento de renda, seja pela oportunidade encontrada na atual conjuntura. Para a consultora do SEBRAE, Fernanda Bueno, “há espaço no mercado para todos”. As áreas mais recomendadas são as do setor de alimentação, com as facilidades do delivery, artesanato, uma vez que as pessoas continuam comprando e presenteando uns aos outros, cursos e conteúdos online, que estão com demandas altíssimas e abrangem muitas possibilidades, assim como o setor de entretenimento infantil, uma vez que essa é uma dificuldade que muitos pais estão passando com os filhos em casa o tempo todo.

O segredo nessa crise, como sempre, é inovar e estar atento às demandas do mercado, alinhando criatividade e estratégia. 

 

Por Communicare Jr. | Gabriela Pina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: