Home office e pessoa com deficiência

BEM CULT

Karolina Cordeiro

Fotos Arquivo Pessoal | Freepik

 

Como a sua empresa pode ter uma conduta inclusiva.

 

Vivemos tempos de pandemia. A casa das pessoas normalmente não é um escritório. Sendo assim, uma pessoa com deficiência física pode não ter móveis adaptados para seu trabalho na sua própria residência, pois ela faz outras coisas em casa. A sua empresa pode deslocar estes móveis adaptados para a casa do funcionário neste período ou mesmo ajudá-lo a adaptar seu próprio ambiente caseiro da melhor forma e segurança. Flexibilizar metas também se torna muito importante. É fundamental entender que o principal neste momento é conter a contaminação e manter as pessoas saudáveis em isolamento social. Sabemos que Pessoas com Deficiência são do grupo de risco. Por isso, se as questões de acessibilidade para as pessoas com deficiência da sua empresa não estiverem na sua melhor forma, tenha paciência e compreensão. Pessoas surdas podem precisar de ajustes nos seus trabalhos, por exemplo, devido à presença de barreiras para se comunicar de forma remota ou por ligações, tendo apenas o recurso de texto como meio de conversa. Seja em relação a entregas, metas, horários ou o que for negociar com seu colaborador com deficiência, ser coerente com a realidade do momento é o ponto mais importante para manter um bom ambiente e uma conduta inclusiva. Verificar a acessibilidade e perguntar se a pessoa com deficiência está conseguindo trabalhar é importante ferramenta para continuar seguindo com sucesso dentro de qualquer empresa.

Sou Karolina Cordeiro, uma mãe que transforma a experiência de ter um filho com deficiência em aprendizado e oportunidade de criar relações significativas e importantes para um mundo melhor. O Pedro, meu filho, tem 12 anos, está no sexto ano do Ensino Fundamental numa escola pública municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *