Obesidade

EXCESSO DE PESO É O SEGUNDO MAIOR FATOR DE RISCO EVITÁVEL PARA O CÂNCER

Pesquisa realizada na Grã-Bretanha revela que o sobrepeso (índice de massa corporal – IMC > 25 e a obesidade – IMC >30) são fatores de risco importantes para dez dos principais tipos de câncer. O estudo constatou que a cada cinco pontos a mais no IMC o risco para o surgimento do câncer em uma pessoa cresce em 62% no câncer no útero, 31% na vesícula, 25% no rim, 10% no colo do útero e 9% para o de tireoide e leucemia.

A obesidade é o segundo maior fator de risco evitável para o câncer, perdendo apenas para o tabagismo, o que é preocupante, pois de acordo com um levantamento do Ministério da Saúde, 51% da população brasileira estão acima do peso. A relação do câncer com os hábitos de vida vem sendo debatida há tempos. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer – Inca, 80% dos casos de câncer no país estão relacionados ao estilo de vida das pessoas, como peso, sedentarismo e alimentação inadequada.

Prevenção

O padrão alimentar atual tem contribuído para o aparecimento de várias doenças, entre elas o câncer. Muitos componentes da alimentação têm sido associados com o processo de desenvolvimento do câncer, principalmente câncer de mama, cólon (intestino grosso) reto, próstata, esôfago e estômago. O modo como os alimentos são processados também interfere na saúde.

Para manter uma alimentação saudável, que contribua com a prevenção do câncer, recomenda-se uma dieta equilibrada nutricionalmente, com frutas, verduras, legumes, cereais, lácteos e carnes magras. A hidratação é imprescindível, deve-se consumir no mínimo dois litros de água por dia, além do que já está presente nos alimentos. Dê preferência para uma alimentação o mais natural possível, pois ela proporcionará uma quantidade maior de antioxidantes, que são essenciais no combate aos radicais livres, garantindo mais saúde às células. Uma rotina alimentar que inclua todos esses critérios atenderá todas as necessidades de macronutrientes (carboidratos, proteínas e lipídeos) e micronutrientes (vitaminas e minerais). Hábitos alimentares saudáveis associados à prática de exercícios físicos serão sempre o melhor remédio para o corpo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *