Bateria precisa de cuidados especiais

 DAR A PARTIDA COM EQUIPAMENTOS ACIONADOS É O MESMO QUE DIMINUIR A VIDA ÚTIL DE SUA BATERIA

Um importante componente de nossos carros é a bateria. Hoje, em sua maioria elas são seladas, não necessitam de água. Mas não é por isso que podemos esquecer dela. A bateria fica mais velha e mais fraca a cada carga e recarga, assim como a bateria de um telefone celular. Chega um ponto em que ela não consegue mais acumular energia, nem mesmo para dar a partida no carro, e não temos saída a não ser efetuar a troca. Confira algumas dicas essenciais.

Evite usar equipamentos elétricos com o carro desligado – Se você tem um som simples, que não demanda muita energia, verifique a possibilidade de instalar uma segunda bateria, talvez menor, ali mesmo no cofre do motor, que ficaria responsável somente pelo sistema de som. Se você tem um sistema de som muito forte, utilize baterias especiais para som, que têm uma amperagem bem maior e suportam o som ligado por mais tempo.

Ao dar a partida, desligue tudo – Dar a partida com equipamentos acionados é o mesmo que diminuir a vida útil de sua bateria. Desligue o desembaçador traseiro, o farol, o arcondicionado, etc, quando for ligar o carro. Sua bateria agradece.

Verifique os terminais – A cada seis meses ou um ano, dê uma olhada nos terminais da bateria. Eles podem estar frouxos, sujos ou corroídos. O zinabre aparece ali por causa de vazamentos do líquido interno da bateria. Você pode limpar com água quente e uma esponja de aço. Ao invés de usar graxa, coloque vaselina nos terminais.

Durabilidade – A vida útil de uma bateria varia de dois a três anos. Optar por uma amperagem maior ou menor acarretará problemas que podem ser graves, dependendo da eletrônica a bordo e da proteção do sistema elétrico. Uma sobrecarga pode explodir o acumulador de energia. Quanto ao tamanho, uma bateria maior poderá gerar problema na hora da instalação. Geralmente a bateria mais vendida no mercado é de 60 amperes.

Valores – Baterias muito baratas não indicam boa qualidade, pois as melhores são mais caras. Toda bateria tem o selo de qualidade do Inmetro, verifique sempre. O tempo de garantia precisa ser observado, assim como preencher o termo de garantia na hora da compra, pois em caso de problemas, você não terá de comprar uma bateria nova. Na garantia, observe o que a cobertura garante, tal como sobrecarga e o que anula a garantia do produto. (Fonte: www.noticiasautomotivas.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *