Cuidando de idosos em uma Instituição de Longa Permanência

Elias Paniago

Fotos Divulgação

As ILPIs têm como papel principal o cuidado do idoso em condições de liberdade e dignidade.

A Instituição de Longa Permanência para Idosos é um local destinado para moradia, permanente ou temporária, para pessoas com mais de 60 anos. Ela é caracterizada pelo caráter residencial e pela preocupação com a saúde e o bem-estar do idoso. Hoje em dia, os Residenciais Sênior são os modelos mais comuns e trabalham com foco na busca pela qualidade de vida aliado a um cuidado multidisciplinar e humanizado. Nessa nova configuração de moradia para idosos existem profissionais de várias áreas da saúde para que o hóspede tenha um acompanhamento completo. Os fisioterapeutas são responsáveis por exercícios de fortalecimento muscular e que previnem doenças ligadas aos ossos e articulações. Existem também os terapeutas ocupacionais que atuam no estímulo da independência e autonomia do idoso, praticando atividades com foco na coordenação motora e cognição. Atuando junto com esses profissionais estão os cuidadores de idosos e enfermeiros. Os primeiros cuidam das atividades rotineiras do idoso como alimentação, higiene e locomoção. Eles também são responsáveis por fazerem companhia aos hóspedes, incentivando conversas e exercícios de caminhada, por exemplo. Já os enfermeiros são responsáveis pelo controle de medicamentos e verificação diária de sinais vitais e índices gerais. Muitos residenciais têm médicos que acompanham cada idoso, assim como nutricionistas que executam um cardápio balanceado, além do acompanhamento nutricional de cada um. E os gerontólogos são figuras essenciais, tanto na gestão da casa, quanto no olhar biopsicossocial que debruçam sobre cada idoso. Atualmente, o conceito de ILPI está mudando e o foco está no cuidado humanizado e na busca pela qualidade de vida na terceira idade. Não é mais sobre abandono ou sofrimento. É sobre cuidado especializado e segurança em um ambiente adaptado para eles e feito para ter cara de lar.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: