Em comemoração ao Dia da Árvore, Social Bank realiza o plantio de 300 mudas

Como forma de neutralizar os impactos do gás carbônico no meio ambiente e em comemoração ao Dia da Árvoreo Social Bank realiza neste domingo (20), o plantio de 300 mudas de plantas nativas do cerrado, incluindo espécies frutíferas, colaborando também com a fauna local. Junto ao grupo ‘Amigos da Cachoeira’, colaboradores voluntários do Social Bank e engenheiros ambientais farão o plantio em uma Área de Preservação Permanente (APP) na Cachoeira Mandaguari, em Indianópolis, a partir das 7h30.

A atividade de preservação ambiental faz parte das diretrizes da empresa, que zela pelos princípios da cidadania, responsabilidade social, respeito à sociedade e preocupação com o meio ambiente, buscando a sustentabilidade e incentivando o consumo consciente. Com este plantio, serão neutralizados 4500 kg de CO2 ao longo dos próximos 20 anos. Segundo a gerente de Recursos Humanos do Social Bank, Fabiana Dias, a ação reforça o compromisso do Social Bank com o meio ambiente. “Somos uma empresa que acredita e defende a sustentabilidade e, por isso, não concordamos em usar os recursos que temos, sem contribuir para ‘repor’ o que o meio ambiente gera. Esta ação é realizada com o objetivo de neutralizar as índices de CO2 emitidos pela empresa entre 2019 e o primeiro trimestre de 2020. O Inventário de Emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) é uma ação voluntária de responsabilidade ambiental, que contribui com o compromisso do Social Bank de promover o consumo sustentável de recursos naturais e de materiais deles derivados ”, explica.

O Social Bank preencheu voluntariamente o Inventário de Emissões de Gases Efeito Estufa (GEE), instrumento que permite a autoavaliação e retrata a preocupação corporativa, a responsabilidade e o engajamento no enfrentamento das questões relativas às mudanças climáticas, transformando o discurso em atitude responsável. Este relatório analisa trajetos de viagens aéreas, consumo de energia, as distâncias percorridas pelos carros de colaboradores, enfim, tudo que emite CO2. A partir do inventário, conhece-se o perfil das emissões e, com isso, torna-se possível o estabelecimento de estratégias e metas de redução e/ou compensação. Elaborado conforme a norma ISO 14.064, o inventário é o primeiro passo para que uma empresa possa contribuir para o combate às mudanças climáticas, tendo um grande significado para a reputação de um empreendimento em relação à responsabilidade e sustentabilidade ambiental.

Sobre o Social Bank

Lançado em outubro de 2017, o Social Bank é um banco verdadeiramente digital, pioneiro em sustentabilidade financeira. Foi idealizado por Rodrigo Borges, empreendedor mineiro de Uberlândia, fundador da Vale Presente (em 2011, primeira fintech do Brasil) e da Hub Fintech (em 2015, líder no mercado de meios de pagamento da América Latina), com experiência de mais de 10 anos no varejo digital em empresas como Magazine Luiza e B2W Digital. O Social Bank tem como propósito ressignificar os valores da sociedade, conectando pessoas e negócios, com menos burocracia e mais agilidade, mais liberdade e autonomia sobre o próprio dinheiro. Oferece todos os serviços dos bancos tradicionais, além de soluções exclusivas para gestão financeira de pessoas e empresas. Foi pioneiro na modalidade de empréstimos entre pessoas e pioneiro na criação do modelo de espaço de convivência Social Café, que engloba educação financeira, coworking e negócios. O Social Café já tem um piloto em Uberlândia e deve ser replicado para mais de 30 cidades do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.