Harmonização orofacial

Qual o papel do cirurgião-dentista?

De acordo com a legislação brasileira que rege o exercício profissional, o cirurgião-dentista está apto a utilizar Toxina Botulínica e Preenchedores. O Código de Ética Odontológica estabelece que constitui direito fundamental do cirurgião-dentista: “diagnosticar, planejar e executar tratamentos, com liberdade de convicção, nos limites de suas atribuições, observados o estado atual da Ciência e sua dignidade profissional”.

Principais terapêuticas que estão sendo utilizadas pelos dentistas nos consultórios:

Toxina Botulínica (Botox):  A toxina botulínica passou é empregada em várias regiões da face como uma forma de suavizar rugas ou linhas de expressão. Ao ser aplicada diretamente sobre o músculo responsável, promove seu relaxamento temporário, obtendo-se uma face com aparência mais calma e rejuvenescida, com desaparecimento das marcas de expressão.

Ácido Hialurônico: É um preenchedor reabsorvível com alta biocompatibilidade, versatilidade e elevado grau de segurança. Na Odontologia vem sendo utilizado como complemento ao tratamento periodontal ao promover aumento de volume das papilas interdentais (gengival), reduzindo ou eliminando “espaço negro” entre os dentes, preenchimento facial, além do uso na suavização de marcas estáticas e equilíbrio da face nas perdas teciduais. O preenchimento facial está indicado nos casos de correção de depressões cutâneas ou rugas profundas, no aumento de volume labial e em casos de atrofia dos tecidos moles faciais, e no restabelecimento do volume facial.

Fios Faciais: são implantes filamentares de natureza sintética que, ao serem implantados nos tecidos subcutâneos profundos e adequadamente tracionados, promovem a elevação dos tecidos flácidos caídos. “Lifting orofacial” não-cirúrgico com fios faciais é um método para o tratamento da flacidez da face e pescoço em substituição ao lifting cirúrgico. É um procedimento realizado com anestesia local e muito menos traumático do que a cirurgia. Os fios são implantados na camada profunda da gordura facial não sendo visível e nem sentido pelo toque.

(Nas próximas edições: Procedimentos de harmonização tradicionais e avançados).

Fontes: https://contox.com.br/harmonizacao-orofacial-na-odontologia-hof/

Dr. Alexandre Vieira Fernandes – CRO-MG: 12.398. Mestre

em Estomatologia, Mestre e Doutor em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial. Responsável técnico da Primer Odontocenter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.