MANUFATURA. GESTÃO NA PALMA DA MÃO ALAVANCA NEGÓCIO

Alitéia Milagre

COOPRATA MOSTRA RESULTADOS QUE DEIXAM O DIA A DIA MAIS SIMPLES E CONECTADO

Não há com negar que os processos de produção tendem a se tornar cada vez mais eficientes, autônomos e customizáveis a partir das inovações tecnológicas dos campos de automação, controle e tecnologia da informação aplicadas aos processos de manufatura. Por isso, mudanças devem ocorrer à medida em que os produtos são manufaturados. Isto é  “Indústria 4.0” no contexto da manufatura. Porém, a mutação decorrente dessa quarta revolução se enquadra também para outros setores. Se ela chegou e não há como fugir dessa transformação digital no qual já se está inserido, então o melhor caminho é buscar informações e soluções de empresas com esta expertise.

O fato é que para crescer e se manter no mercado, a inovação deixou de ser uma opção e passou a ser uma necessidade. Independente se a empresa é pequena, média ou grande, ela é uma busca constante da maioria dos gestores que querem acompanhar a chegada de novas soluções e ferramentas em benefício e sustentabilidade da empresa. Foi justamente isso que a Cooperativa dos Produtores Rurais de Prata (Cooprata), localizada no centro do Triângulo Mineiro e que está no mercado há mais de cinco décadas fez. Em 2013, a Cooprata sentiu a necessidade de trocar o seu ERP. Conhecendo a expertise da TOTVS nesse ramo, investiu em 2014 no Protheus, o ERP líder do mercado brasileiro, que no Brasil é chamado de Sistema de Gestão Integrada ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial. Uma solução completa e robusta, capaz de atender às necessidades e potencializar os resultados de negócios de todos os segmentos, da agroindústria ao setor de serviços. A solução conta com módulos que automatizam processos administrativos e centralizam as informações operacionais, maximizando a eficiência da gestão. Mas, a Cooprata não parou por aí: já iniciou os testes da utilização do Fluig, produto da TOTVS focado em transformação digital, como uma plataforma para desenvolvimento de novos serviços especializados. A busca pelas soluções ocorreu segundo a necessidade de melhorias no sistema de controles da empresa e, ao mesmo tempo, de uma ferramenta que pudesse atender a Cooprata em suas constantes alterações das obrigações legais.

De acordo com Rogério Bernardes, gerente geral da Cooprata, através do Protheus, todas as atividades da empresa passaram a estar interligadas. Assim, as operações, seja na recepção/expedição do leite, na indústria de lácteos, na nutrição animal, no supermercado, no departamento de assistência técnica, na loja agropecuária ou no centro administrativo são registradas e consolidadas em um único sistema, facilitando a relação entre cooperativa e os associados e clientes. “E mais: cada processo da empresa pode passar a ser validado no ERP, o que nos oferece processos mais seguros contra erros e fraudes. Isso não tem preço”, destaca.

No que tange ao Fluig, mesmo em fase de testes, a Cooprata tem expectativas positivas. “Por meio desse sistema, o gestor administra as contas a pagar e a receber, monitora as vendas e acompanha os pedidos de compras. Além disso, a plataforma identifica que uma matéria-prima foi encaminhada ao setor de produção”, conta Bernardes.

Desafios

Toda implantação tem seus desafios, especialmente porque normalmente envolve mudança de cultura. Hoje, após o amadurecimento dos usuários, em sintonia com a equipe de desenvolvimento da TOTVS, a Cooprata conseguiu otimizar seus resultados, melhorando a eficiência, reduzindo perdas e melhorando o atendimento aos associados e clientes. “Todo o esforço, conquistas e investimento refletem diretamente na melhora da rentabilidade financeira, que é o objetivo final de toda administração. Hoje, temos 420 colaboradores, 1.650 associados e atuamos em mais de 60 cidades. Trabalhamos com vários setores: recepção e expedição de leite, fábrica de ração, loja agropecuária, indústria de laticínios, supermercado e departamento técnico. Produzimos 270 mil litros de leite por dia e nossa expectativa é faturar R$ 400 milhões em 2019. Por isso, ter o histórico de todas as operações reunidas e organizadas em um só lugar é fundamental. Assim, conseguimos embasar muito melhor e com muito mais agilidade qualquer decisão administrativa. Além disso, o acesso WEB do Protheus e o acesso mobile pelo Fluig trazem um ganho excepcional em agilidade. Atualmente, já é possível resolver, em minutos, operações de liberação de compras que antes levavam praticamente um dia todo, envolvendo troca de emails entre departamentos, impressão de documentos e coleta de assinaturas”, conta Rogério Bernardes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *