O Poço

Kelson Venâncio
Fotos Arquivo Pessoal | Divulgação

O filme é bem o que está acontecendo nesta pandemia de coronavírus.

“O Poço” é uma das melhores sugestões pra você assistir em quarentena no
conforto da sua casa nesta época de pandemia de coronavírus. No filme, a
história se passa em um futuro distópico, onde uma prisão vertical mantém
duas pessoas em cada andar, com a comida sendo distribuída de cima para
baixo. Quem está na parte de cima come melhor e quem está embaixo precisa
lutar pela sobrevivência. A história que acompanhamos durante a projeção é
simplesmente brilhante. A comida (ou a falta dela) desencadeia
acontecimentos que vão nos deixar boquiabertos, cada um mais assustador
que o outro. Temos uma junção do estilo “horror movie” com o drama, em
cenas de extrema violência e muito sangue, mas também mensagens
interessantes em cada uma delas. Adoro filmes com baixos recursos, poucas
locações, elenco pequeno, mas criativos e eficientes porque trazem uma boa
história. “O Poço” é assim, já que tudo se passa em apenas um lugar, uma
prisão vertical que deixa qualquer pessoa louca. O melhor deste filme espanhol
são as discussões e reflexões que ele propõe ao público. É bem o que está
acontecendo em plena pandemia de coronavírus. As pessoas vão ao
supermercado e farmácias e enchem os carrinhos de alimentos, máscaras e
álcool em gel, ignorando o outro que também precisa. O filme traz um final
surpreendente e inesperado que nos leva à reflexão do que pode ter
acontecido no desfecho. É daquelas produções que quando acabam vem
aquele nó na cabeça e provoca inúmeras discussões. Será que? Mas se for
assim, isso era daquele jeito! Mas porque isso? A quantidade de hipóteses
levantadas ao término de “O Poço” é muito grande e o melhor que, mesmo
raciocinando, muito depois de assistir ao filme, a gente sempre vai ficar com ‘a
pulga atrás da orelha’. É preciso ter estômago pra assistir, mas se você aceitar
o desafio, te garanto que a experiência será incrível.
Nota 10

Kelson Venâncio é jornalista, crítico de cinema e diretor-presidente da rede de mídias
Cinema & Vídeo | www.cinemaevideo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.