Equalizar energias femininas

A peculiar arte de ser uma grande mulher

One-on-one meeting.Two young business women sitting at table in cafe. Girl shows colleague information on laptop screen. Girl using smartphone blogging. Teamwork business meeting. Freelancers working.

O dom de equalizar as diferentes fontes de energia, transforma uma mulher comum em uma verdadeira máquina humana, capaz de conciliar vida profissional, maternidade, espiritualidade, religiosidade, beleza e ligações afetivas.

Compreender a potencialidade de ser mulher e aceitar esta graça é estar preparada para enfrentar, em pé de igualdade, o paradoxo instaurado na sociedade patriarcal da legítima busca pela harmonização de direitos que por anos foram negados, pelo simples fato de se tratar de seres humanos do sexo feminino.

Até um passado recente, presenciamos mulheres incríveis sendo amordaçadas e se sentindo inibidas em sua sexualidade, questionando a sua capacidade/autonomia de pensar e duvidando da sua inteligência, porque não reconheciam o seu corpo e sua força. Mas finalmente, em especial, com a virada do século, passamos a presenciar uma era em que as mulheres estão finalmente se libertando das amarras sociais. E isso é uma ótima notícia!

Por isso, neste momento, é extremamente importante ressaltar que a equalização de todas estas energias passa diretamente por reconhecer que existem canais de liberação e reposição dessa fortaleza.

Tarefas que envolvem a rotina diária profissional e afazeres domésticos – que, diga-se de passagem, devem ser divididas por todos os moradores independente do sexo e idade – despendem muita energia e esgotam qualquer pessoa. A reposição dessas energias só ocorre quando a qualidade de vida e as interações sociais saudáveis são implementadas à rotina, como por exemplo: prática de atividades físicas e todas as ações que causam o efeito catarse, ou seja, que limpa a mente e distensiona os músculos.

Se está te faltando coragem e ânimo para rever os seus conceitos e aceitar o seu incrível poder de equalização, não se sinta culpada. Lembre-se de que a sua importância é construída a partir do valor que você dá a si mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.