Toda mudança provoca o que: choque, negação, aceitação, raiva, rebeldia, medo, apreciação, euforia e remissão

É um processo que tem início com o choque quando se olha no espelho

Se você olhar com mais carinho, vai perceber que durante sua vida você é submetido a dois tipos de mudança: voluntária ou involuntária. E independentemente do tipo, você vai encarar o “modus operandi” que começa com o choque e vai até a remissão. Às vezes você demora um pouquinho mais em uma ou outra fase, mas que você passa por todas estas etapas, pode acreditar, você passa. Ao longo da vida nós temos mudanças voluntárias ou involuntárias que podem ser de ordem pessoal, profissional ou que envolvam terceiros. Quer ver um exemplo de mudança voluntária pessoal?

Às vezes você não está satisfeito com o seu corpo. Aí um belo dia você se olha no espelho e fala: “Agora eu decidi mudar a minha vida”. Isso é mudança voluntária. É um processo que tem início com o choque quando se olha no espelho. Tomou aquele choque? Aí chega a hora de você negar falando: “Não, não estou acima do peso”.  Até que chega o momento em que você começa parcialmente a se aceitar, e passa a conviver com crises em que alterna essa aceitação com a raiva de não estar no peso ideal. Neste exemplo específico, a maioria das pessoas não chegam ao final do processo, conseguindo o tão sonhado corpo, porque elas se perdem dentro das fases iniciais ficando no looping entre negação, aceitação e raiva.

Este exemplo é o voluntário, mas pode ser involuntário a partir do momento que você vai ao médico e ele pega seus exames e fala que você está com diabetes, pressão alta, acima do peso ideal e te prescreve uma série de exercícios que te fazem entrar na rota da mudança.

No campo profissional é a mesma coisa. Por exemplo: Você decide crescer dentro da sua empresa e inicia a preparação para enfim conquistar o seu lugar ao sol. Isso é o que? Uma mudança voluntária profissional. A mudança involuntária profissional é quando a empresa decide te desligar do quadro de funcionários. E qual é a primeira reação quando você é mandado embora? O choque e o que vem depois? Todas as etapas da mudança.

Um exemplo de mudança voluntária que envolve terceiros é quando você está em um relacionamento tóxico e, por sua conta resolve sair desse martírio e se libertar.  É doloroso, porque esse processo envolve questões sentimentais, mas acredite, você querendo ou não, vai passar por todas as fases até olhar para trás e ver que está curado dessa relação tóxica.

O fato é: Estas etapas estão presentes na nossa vida e podem ser voluntárias ou involuntárias, envolvendo terceiros ou não. Geralmente as pessoas não percebem todas as etapas, porque elas têm a mania de juntar todas as fases e dar um nome único que é: ANSIEDADE. Pensando nisso sugiro que entenda que toda mudança provoca choque, negação, aceitação, raiva, ressentimento, rebeldia, medo, apreciação, euforia e remissão. E é importante entender também que mudanças são inevitáveis e as reações que temos durante o processo de cada uma delas também são. Cabe a você conseguir identificar em qual fase está para ter condições de enfrentar a mudança rumo a libertação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.