Além das palavras linguagem corporal

A comunicação não é feita apenas com palavras. Sinais não verbais, como tom de voz, gestos e postura desempenham seu papel e comunicam as emoções e intenções de uma pessoa. A linguagem corporal é tão importante quanto a escolha das palavras na comunicação, e muitas vezes, feita de forma subconsciente. Quer você esteja ciente disso ou não, você sempre interage com outras pessoas sem se utilizar das palavras, comportamentos que podem enviar mensagens diferentes das palavras e do que você está tentando transmitir. No silêncio, nosso comportamento também diz muito.

As pessoas que são boas em ler a linguagem corporal geralmente se destacam. Portanto, aprender a linguagem corporal pode ajudar a identificar verdades ocultas nas pessoas e, até mesmo, fazer você se sentir mais poderosa, atraente e carismática. Afinal, a linguagem corporal é a coisa mais próxima da leitura da mente das pessoas e é uma habilidade que qualquer um pode aprender.

Para entender a linguagem corporal é preciso distinguir atitudes de interesse, curiosidade ou engajamento das que sinalizam nervosismo, desinteresse ou tédio. Mas, como saber se alguém está mentindo para você? Nesse quesito, será preciso distinguir o sexo da pessoa, as mulheres são muito melhores em mentir e detectam mais mentiras do que os homens. Os homens contam mentiras simples, como “perdi o ônibus”, enquanto as mulheres contam mentiras mais complicadas e críveis.

Mas o fato é que, mesmo que as mulheres tenham uma pequena vantagem, a maioria das mentiras passa despercebida, não importa quem está ouvindo, afinal, a maioria das mentiras realmente soa como a verdade, então temos dificuldade em diferenciá-las. Situação que contraria a maioria das pessoas que acreditam que é fácil identificar uma mentira pelo simples movimento dos olhos, inquietações ou nervosismo. Porém, existem de fato comportamentos perceptíveis de mentiras, como citado na velha história de Pinóquio que, sempre que mentia, seu nariz crescia. E embora seja uma maneira engraçada de retratar a mentira, também há um pouco de verdade por trás da fábula; nosso nariz contém algo chamado “tecido erétil” (sim, o mesmo tecido que forma nossas partes sensíveis!) e, de acordo com a neurologia, quando uma pessoa mente, o fluxo sanguíneo aumenta para os tecidos eréteis do corpo, incluindo os tecidos eréteis do nariz. É por isso que os mentirosos muitas vezes tocam ou coçam o nariz, mas isso não significa que todas as pessoas que tocam seus narizes são mentirosas.

Observe também que quando as pessoas contam mentiras, isso não sai apenas verbalmente. Uma mentira, geralmente, faz uma parada rápida no pescoço no caminho para cima, tornando o pescoço um ótimo ponto de percepção, considerando que a mentira causa uma sensação de formigamento nos tecidos faciais e do pescoço, fazendo com que as pessoas cocem o pescoço para se livrar desse formigamento. Também se a pessoa toca o pescoço, pode ser um indicador de aumento de suor devido ao nervosismo ou ansiedade de ser pego em flagrante e, se estiver usando uma roupa apertada, poderá puxá-la ou ajustá-la para parecer menos óbvia.

Preste atenção em gestos incompatíveis. As pessoas sinceras e honestas, durante a fala,  exibirão gestos que combinam, especialmente com as mãos, rosto e olhares. Por outro lado, os mentirosos podem mostrar uma linguagem corporal que indica uma coisa diferente da fala. Esse tipo de desconexão nos gestos é uma maneira infalível de detectar uma mentira.

Os ouvidos não são apenas para ouvir. Muitas pessoas podem não saber que eles também são um ótimo indicador de mentira. Especificamente, puxar ou tocar as orelhas é uma maneira subconsciente de parar de ouvir as mentiras que uma pessoa está contando. Em casos mais óbvios, se uma pessoa que, raramente mente se sente envergonhada ou muito nervosa, seus ouvidos podem ficar um pouco vermelhos e aumentar a temperatura devido ao aumento do fluxo sanguíneo provocando variações de toque na orelha como: esfregar a parte de trás da orelha, puxar o lóbulo da orelha, colocar a ponta do dedo dentro do lóbulo da orelha e dobrar a orelha inteira para cobrir o orifício da orelha.

Quando as pessoas contam mentiras, geralmente ficam tristes, zangadas ou com medo. Eles querem se esconder da verdade. Na maioria das vezes, não parecerá tão óbvio, mas haverá uma pequena dica para entregá-los.

Lembre-se, para que essas mentiras tenham sucesso, é necessário estar disposto a acreditar na mentira e, preferencialmente, retransmiti-la para parecer verdade e, por falar em verdade, você “jura dizer a verdade, toda a verdade e nada além da verdade”?

Agora que você sabe identificar quando as pessoas mentem, é preciso  decodificar outras manifestações através da linguagem corporal.

Existe um comportamento universal que as pessoas fazem quando se sentem envergonhadas, e é fácil de detectar. Quando as pessoas ficam envergonhadas, geralmente tocam o lado da testa para querer esconder ou encobrir ou bloquear o que está acontecendo. Se alguém está realmente envergonhado, o toque na testa se transforma em um bloqueio total dos olhos, em que vão do toque da testa à cobertura dos olhos.

Bloqueamos quando cobrimos uma parte do nosso corpo como uma barreira entre nós e outra pessoa.  Fazemos isso subconscientemente ao cruzar os braços, as pernas ou seguramos algo, como um computador ou um travesseiro porque estamos tentando nos proteger.

Se alguém inclinar e acenar com a cabeça enquanto você fala, mantenha-o por perto. Eles gostam de ouvir você.

As mãos nos dizem muito sobre o que uma pessoa está pensando.

Sempre que alguém está interessado, engajado ou curioso, levanta as sobrancelhas. É quase como se quiséssemos que nossas sobrancelhas saíssem do caminho para que possamos ver algo com mais clareza.

As informações são da Science of People, adaptadas pela equipe da Revista Cult

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.